Piso tátil em rampas

Publicado em: 05.março.2013

Por: Acessibilidade na Prática

Andando pela região central de Campo Grande, fotografei algumas rampas com piso tátil. Inicialmente iria postá-las como flagras, mas resolvi falar um pouco mais sobre esse assunto.

Antes de analisar as fotos, vamos conhecer alguns conceitos importantes que estão na NBR 9050/2004.

Guia de balizamento: Elemento edificado ou instalado junto aos limites laterais das superfícies do piso, destinado a definir claramente os limites da área de circulação de pedestres, detectado por pessoas com deficiência visual.


guia balizamento print nbr 9050 2004

Linha-guia: Qualquer elemento natural ou edificado que possa ser utilizado como guia de balizamento para pessoas com deficiência visual que utilizem bengala de rastreamento.

Agora, vamos as fotos!



A norma técnica diz que em rampas, quando não houver paredes laterais, devem ser incorporadas guias de balizamento com altura mínima de 0,05 m, instaladas ou construídas nos limites da largura da rampa e na projeção dos guarda-corpos. A rampa da foto acima não possui nem paredes laterais nem guias de balizamento. Ao invés disso, foi instalado piso tátil em toda sua extensão.

O piso tátil direcional deve ser utilizado na ausência ou descontinuidade de linha-guia, como guia de orientação em ambientes internos ou externos, ou quando houver caminhos preferenciais de circulação. No caso dessa rampa, não há linha-guia, então foi instalado piso tátil.

Usando do bom senso, o ideal não é a instalação de piso tátil direcional em rampas, mas sim a guia de balizamento, a qual atende aos deficientes visuais e é mais confortável para as outras pessoas, como cadeirantes por exemplo.


O piso tátil de alerta deve ser instalado apenas no início e final das rampas, atendendo aos critérios estabelecidos pela ABNT.

No percurso da rampa ilustrada acima, podemos constatar a presença de piso tátil de alerta, provavelmente instalado para indicar mudança de direção, o que não é previsto para rampas de acordo com a norma técnica. A falta de padronização na sinalização tátil pode trazer confusão para as pessoas com deficiência visual.


Esta foto mostra uma rampa relativamente extensa, com sinalização tátil de alerta no seu início e final.

A estrutura ainda conta com um patamar de descanso na metade do seu percurso, onde também há piso tátil de alerta. Esta sinalização de alerta no patamar está incorreta pois sinaliza o final do obstáculo, sendo que a rampa ainda continua.

O piso tátil de alerta do início da subida da rampa (parte inferior da foto) está instalado incorretamente. Esta sinalização deveria ser da largura da rampa e estar localizada antes do início da subida.


Maria Alice Furrer



2 ideias sobre “Piso tátil em rampas

  1. Pingback: Novos critérios técnicos para piso tátil em rampas e escadas | Acessibilidade na Prática

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *