Banheiras acessíveis

Publicado em: 23.outubro.2013

Por: Acessibilidade na Prática

Existem inúmeros posts sobre sanitários aqui no blog, porém nunca abordamos com muita ênfase as banheiras, até por ser uma estrutura menos comum de se encontrar. Este mobiliário possui especificações descritas na NBR 9050/2004, mas sua presença em um banheiro não elimina a necessidade do boxe acessível para chuveiro.

A altura da banheira deve ser de 0,46 m do piso acabado. Os registros ou misturadores devem ser do tipo alavanca e estar a uma altura de 0,75 m do piso, e recomenda-se que estejam posicionados na parede lateral à banheira, tornando seu alcance e manuseio mais fáceis e acessíveis.


A transferência para a banheira é realizada pela sua lateral, podendo inclusive ser feita com o auxílio de plataformas fixas ou móveis. Assim, deve ser garantida a aproximação lateral, estendendo-se no mínimo 0,30 m além da parede da cabeceira.


banheira transf

A figura acima, extraída da NBR 9050/2004, ilustra a área de transferência lateral e o exemplo de uma plataforma fixa. 

A plataforma é fixa e nivelada com a cabeceira da banheira, com profundidade mínima de 0,40 m e comprimento igual à extensão total da cabeceira. É aconselhável a existência de parede ao fundo desta plataforma para servir como apoio, evitando possíveis desequilíbrios e quedas.


plataforma movelNa ilustração acima, também retirada da norma técnica, podemos observar a área lateral para transferência, dimensionada em 1,20 m de comprimento por 0,80 m de largura. Também é exemplificada a plataforma móvel para transferência.


A plataforma para transferência, bem como o fundo da banheira, deve possuir superfície antiderrapante, não devendo ser excessivamente abrasiva para evitar lesões na pele.


banheiraEsta figura mostra a vista superior, lateral e frontal de uma banheira, enfatizando o posicionamento das barras de apoio.


A banheira deve ter duas barras de apoio horizontais e uma vertical. A barra vertical deve estar fixada a uma altura de 0,10 m da borda, com comprimento mínimo de 0,70 m, alinhada à face externa da banheira e do mesmo lado da plataforma. As barras horizontais devem ter comprimento mínimo de 0,80 m e ser fixadas na parede de fundo. A barra horizontal inferior deve estar alinhada à cabeceira da banheira, com altura de 0,10 m da borda, e a superior deve estender-se 0,10 m além da cabeceira (sobre a plataforma), com altura de 0,30 m da borda.

Essas barras auxiliam na transferência para banheira, além de oferecer segurança e autonomia para quem a utiliza.


banheira blogEsta banheira foi registrada em um sanitário para idosos, exposto na Casa Cor MS 2011. Este exemplo de banheira não contempla a maioria das especificações descritas anteriormente, mas possui uma porta lateral que facilita o acesso.

Assim, para locais de uso público, este modelo de banheira é inadequado e de difícil utilização. Porém, para uma casa de idosos, por exemplo, pode ser interessante, pois em residências devem ser priorizadas as necessidades pessoais dos seus moradores.



Maria Alice Furrer


10 ideias sobre “Banheiras acessíveis

    • Olá, Luce! Infelizmente não temos o contato de quem comercializa essa banheira. Pegamos vários contatos quando visitamos a Casa Cor MS 2011, mas não os temos mais. Dei uma pesquisada no site da Casa Cor MS, mas não há muita informação por lá. Caso eu descubra qual é a empresa/marca dessa banheira, entro em contato com você. Abraços!

  1. Quais as dimensões, da banheira? Será que precisarei quebrar a porta? Será que eu precisarei arrancar o batente?
    Atenciosamente, Terezinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *