Sanitário acessível da Casa Cor MS 2016

A Arquiteta Paula Magalhães assinou o ambiente Banho Público, exposto na Casa Cor MS 2016. Além de fazer parte da mostra, este ambiente também foi utilizado pelos visitantes durante o evento, principalmente por estar próximo ao restaurante.

O Banho Público foi subdividido em três ambientes: sanitário masculino, sanitário feminino e sanitário unissex acessível. Confiram a seguir alguns detalhes do sanitário acessível!

 

01Esta é a parede da entrada do ambiente, contendo o Símbolo de Sanitário Feminino, o Símbolo Internacional de Acesso, o Símbolo de Sanitário Masculino e alguns quadros.

Apesar dos símbolos utilizados nesta sinalização estarem representados nos formatos corretos, as cores não estão de acordo com as recomendações técnicas. Os pictogramas pretos sobre a parede verde escura dificultam a visualização.


Continue lendo

Casa Cor MS 2016

Mato Grosso do Sul recebeu sua 4ª edição da Casa Cor entre os dias 26 de agosto e 12 de outubro de 2016. A mostra foi realizada na Mansão dos Dibo, localizada na Avenida Afonso Pena nº 4025, em Campo Grande. A casa, construída da década de 1980 e projetada pelo Arquiteto Rubens Gil de Camillo, manteve o brutalismo do projeto original mesmo com a repaginada da mostra, onde os Arquitetos e Designers se apropriaram de elementos como vigas aparentes, efeito ripado no teto, claraboias e pisos de madeira. (Informações: casacorms.com.br e campograndenews.com.br)

Pela terceira vez consecutiva, nós do blog visitamos a Casa Cor MS para analisar as condições de acesso oferecidas aos visitantes e, quem sabe, encontrar algum ambiente projetado para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Confira!

 

Chegando à mostra


O evento não contava com estacionamento, por isso tivemos que estacionar na rua. Como se trata de uma região movimentada da cidade, conseguimos uma vaga apenas em uma das ruas transversais à Avenida Afonso Pena.

Para chegar à mostra, foi necessário passar por calçadas com pisos razoavelmente acessíveis, porém com vários obstáculos:

 

01

Calçada que ligava o evento à Rua Espírito Santo. O revestimento é regular, firme e estável (blocos de concreto), contendo também piso tátil direcional, entretanto a calçada dá num tapume de uma obra ao lado da Casa Cor, dificultando a passagem.

Continue lendo

I Encontro de Acessibilidade na Prática – como foi!

Aconteceu nos dias 18, 19 e 20/03/2015, em João Pessoa (PB), o I Encontro de Acessibilidade na Prática, promovido pelo Laboratório de Pesquisas em Acessibilidade e Ergonomia (LacErgo) do Curso de Design de Interiores do IESP Faculdades.

Na primeira noite do evento, tive a satisfação de ministrar a palestra “Projetos acessíveis: burocracia, solidariedade ou oportunidade?”, onde abordamos dados do IBGE, postura dos profissionais da construção civil perante o mercado, viabilidade econômica de projetos acessíveis, casos práticos de perda de clientes com deficiência por estabelecimentos que não oferecem acessibilidade, entre outros assuntos.


Fred palestra

Também tive a honra de presidir – na segunda noite do evento – uma mesa redonda que abordou as principais dificuldades enfrentadas pelas pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida no seu cotidiano. Participaram comigo do debate Fábia Halana Pita (com quadro de paralisia cerebral), Joana Belarmino de Sousa (deficiente visual) e Ana Luísa Guedes (gestante).


Continue lendo

I Encontro de Acessibilidade na Prática

Olá, pessoal!

Nos dias 18, 19 e 20/03/2015, terei o prazer de participar do “I Encontro de Acessibilidade na Prática”, em Cabedelo (PB), pertinho da capital João Pessoa. Apesar do nome, o encontro não é um evento do blog 🙂


folder 1

O evento está sendo organizado pelo Laboratório de Pesquisas em Acessibilidade e Ergonomia (LacErgo) do Curso de Design de Interiores do IESP Faculdades. O encontro debaterá temas relacionados às pessoas com deficiência, suas limitações e formas de incluí-las na sociedade, além de colocar alguns desses assuntos em prática!

Para conferir a programação e/ou efetuar sua inscrição, clique aqui!


Frederico Rios


Casamento x acessibilidade: o grande dia!

Quem já se casou ou participou de comissão de formatura sabe muito bem como é organizar uma festa deste porte e a quantidade de detalhes que devem ser observados na organização de eventos, passando por decoração, buffet, roupas, decoração, lista de convidados, convites… Muitas são as preocupações que, até o dia da festa, existe a sensação de que não será possível preparar tudo a tempo.


Casamento Sandra e Diego


Nesse contexto, algo que não pode passar despercebido é a acessibilidade para todas as pessoas. No meu caso, meu irmão e padrinho é cadeirante e, até mesmo por sua causa, tomamos algumas cautelas a mais. Entretanto, seria essencial que, independentemente de haver ou não algum convidado com deficiência, todos tomassem os devidos cuidados com a acessibilidade, pois qualquer um de nós pode, um dia, mesmo que temporariamente, precisar dela (caso soframos algum acidente e precisemos usar muletas, cadeira de rodas ou andadores, pais com carrinhos de bebê, algum idoso com dificuldade de locomoção, dentre outras possibilidades).

Continue lendo

Acessibilidade em eventos

Há algumas semanas, recebi um e-mail de uma seguidora assídua do blog, onde ela compartilhava comigo a alegria de ver a preocupação dos organizadores de um evento quanto à acessibilidade.


Foto: UOL


Com base na minha experiência como cadeirante e no que leio por aí sobre acessibilidade em eventos, expus meu ponto de vista sobre o assunto, o que gerou uma certa frustração por parte da minha amiga.

Segue abaixo nossa troca de e-mails, preservando o nome dela e do evento em questão.

Gostaria muito que vocês se manifestassem sobre o assunto, seja como profissional na área, pessoa com deficiência ou entusiasta da causa.

Abraços!


Frederico Rios

 

Continue lendo