Sanitários acessíveis da Estátua da Liberdade

Além de contemplar a bela paisagem do local, os visitantes da Estátua da Liberdade contam também com lojas de souvenirs, lanchonetes, telefones públicos e sanitários.

Os sanitários ficam localizados num corredor. Numa das extremidades fica o sanitário feminino e na outra o masculino. No meio encontra-se o sanitário unissex acessível.

A seguir, mostraremos alguns detalhes do sanitário feminino e do sanitário unissex acessível, lembrando que as observações foram feitas baseadas na NBR 9050/2004, que é a norma técnica brasileira.



Sanitário feminino com boxe acessível


imagemEsta é a entrada do sanitário feminino com boxe acessível, sinalizada por placas metálicas fixadas nas paredes lateral e superior ao vão de entrada. A placa da parede lateral possui o Símbolo de Internacional de Sanitário Feminino seguido pelo Símbolo Internacional de Acesso. Já a placa da parede superior, em posição de maior destaque, possui o Símbolo Internacional de Sanitário Feminino seguido da letra “W” (women = mulheres).

As placas possuem baixo contraste de cores e são refletivas, tornando-as de difícil legibilidade.

O vão de entrada é satisfatório e permite um bom fluxo de pessoas. 


Continue lendo

Rebaixamentos de guia de Nova Iorque

“Rebaixamento de guia” é o mesmo que “rebaixamento de calçada“, e tem a função de permitir a travessia de pedestres.


A NBR 9050/2004 é a norma técnica brasileira que trata da acessibilidade. Cada país possui suas próprias normas e legislação relacionadas à acessibilidade, as quais, em muitos aspectos, são semelhantes às normas brasileiras.


Apesar de ter visitado os EUA, desconheço suas normas de acessibilidade. De todo modo, convido vocês a conferir, com um olhar “brasileiro”, alguns rebaixamentos de guia da cidade de Nova Iorque.


imagem

Nos trajetos que percorremos, todas as travessias de pedestres possuíam rebaixamentos junto às faixas de pedestres.

O piso tátil presente nos rebaixamentos não faz contraste com o piso adjacente, dificultando sua identificação especialmente por idosos e pessoas com baixa visão.


Continue lendo

Estátua da Liberdade

A Estátua da Liberdade é, sem dúvida, o maior símbolo de Nova Iorque e dos Estados Unidos. Ela fica situada na Liberty Island e seu acesso é feito por meio de balsas. (NovaYork.com)

IMG_3392
Presente da França aos Estados Unidos, a estátua representa Libertas, a Deusa Romana da Liberdade, que segura uma tocha e uma “tabula ansata” (tábua de leis), na qual está gravada a data da Independência dos Estados Unidos, 4 de julho de 1776. (NovaYork.com)

Nossa “turma” teve a oportunidade de conhecer alguns pontos turísticos de Nova Iorque, justamente no Memorial Day, feriado nos Estados Unidos. Um dos locais que não poderíamos deixar de visitar era a Estátua da Liberdade, e neste post vocês poderão conferir alguns detalhes sobre a acessibilidade desse passeio, mas vale lembrar que nós nos baseamos nas normas brasileiras para analisar as estruturas.


Continue lendo

Embarques e desembarques do Brasil aos Estados Unidos

Em maio de 2014, tive a felicidade de conhecer a terra do “Tio Sam”, juntamente com meus pais e a Maria Alice.

Durante a viagem, que começou em Campo Grande (MS) e terminou em Nova Iorque, resolvemos registrar nossos embarques e desembarques nos aeroportos e dividirmos essa experiência com vocês, mostrando um pouco da minha realidade como cadeirante.

Antes das fotos, vamos à norma técnica que trata sobre a acessibilidade da pessoa com deficiência no transporte aéreo comercial, a NBR 14273/1999. Essa norma tem como objetivo estabelecer os padrões e critérios que visam proporcionar às pessoas com deficiência condições adequadas e seguras de acessibilidade autônoma ao aeroporto e às aeronaves das empresas de transporte aéreo público regular, regional e suplementar.

Essa norma técnica trata de várias especificações, mas neste post vamos nos atentar apenas aos embarques e desembarques.

É válido lembrar que em 2013 a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) publicou as novas regras sobre o acesso ao transporte aéreo de Passageiros com Necessidade de Assistência Especial (PNAE). O novo regulamento (Resolução nº. 280/2013) sobre os procedimentos relativos à acessibilidade foi submetido ao processo de audiência pública em 2012, com sessões presenciais em setembro, em Brasília, e em outubro, em São Paulo (Portal ANAC).


A ida…

Aeroporto Internacional de Campo Grande – embarque


fotoApós os trâmites para acessarmos a sala de embarque, nos apresentamos no portão indicado. Em seguida, ao iniciar o embarque, um funcionário da companhia me conduziu até a aeronave.

Geralmente o embarque das prioridades (pessoas com deficiência, gestantes, idosos, crianças desacompanhadas e outros) é realizado antes dos demais passageiros. Já no desembarque o procedimento é o inverso, ou seja, as prioridades desembarcam por último.


fotoNo Aeroporto Internacional de Campo Grande não há ambulift ou passarela telescópica (finger), os quais servem para conduzir os passageiros até o avião sem precisar subir ou descer escadas.

A NBR 14273/1999 afirma que, em caso de problema no funcionamento ou inexistência do sistema de elevação, a pessoa com deficiência deve ser transportada até a porta da aeronave por intermédio de funcionários treinados para esta atividade, de modo confortável e seguro. No caso desse aeroporto, notamos que não houve um treinamento específico para que os funcionários embarquem ou desembarquem os passageiros com conforto e segurança.


Continue lendo

Acessibilidade para abastecer o carro nos EUA

É bem provável que todos nós já vimos, em algum filme americano, a forma como as pessoas abastecem seus veículos nos Estados Unidos. Por lá, os postos de gasolina adotam o sistema self service, ou seja, cada motorista abastece o seu carro. O pagamento é realizado na própria bomba de combustível, por meio de cartão de crédito ou por uma espécie de “cartão recarregável”.

As imagens abaixo são de um posto de combustíveis localizado na Rodovia I-95, próximo à saída 9, em direção ao Sul, antes da cidade de Nova Iorque.


20140526_131954


Ao se deparar com uma “situação” igual a desse posto, um turista cadeirante ou com dificuldades motoras pode imaginar que ficará sem gasolina pelo caminho, pois não existem frentistas no local. No entanto, as bombas de combustível são acessíveis! Mesmo à distância, é possível identificar no lado direito da bomba o Símbolo Internacional de Acesso seguido do aviso press help (“pressione para auxílio”).

Continue lendo