Acesso aos elevadores do Residencial Santa Catarina

Há alguns dias, conhecemos aqui no blog a Piscina acessível do Residencial Santa Catarina. Hoje vamos conferir o acesso ao elevadores do prédio. As fotos abaixo são do acesso pelo corredor do 6º andar.

 
No batente lateral do elevador existe uma placa metalizada de bom contraste de cores (número prata sobre fundo preto), com grafia em Braille abaixo do número.

Dependendo da incidência luminosa, essa placa, por ser metalizada, pode refletir a luz e dificultar sua legibilidade. A grafia em Braille indica corretamente o número 6.

A botoeira usada para chamar o elevador possui apenas informação visual e de baixa legibilidade, já que a fonte das letras é muito pequena.

Ainda no comando externo do elevador, existe acima dos botões um pequeno painel digital (com fonte vermelha sobre fundo preto) que indica o andar onde o equipamento se encontra. Internamente, o elevador possui sinalização sonora indicando ao usário os andares onde chega.
 
 
Continue lendo

Flagrante – Milena de Ré (IV)

Seguidora (membro da equipe): Milena Carolina Campos de Ré
Twitter: @milenadere
Data da foto: 26/02/2012
Local: Banco Bradesco, Avenida Afonso Pena, Campo Grande – MS .
Descrição: A vaga reservada existe, porém, ao estacionar, o motorista ocupou o espaço da sua vaga e ainda invadiu parte da vaga reservada. Lembrando que o espaço da vaga reservada é muito importante, já que em muitos casos o motorista ou o passageiro é cadeirante e precisará de toda a área da vaga para entrar e sair do carro.
 

 

Organização x Acessibilidade

Segundo a NBR 9050/2004, "acessibilidade" é a possibilidade e condição de alcance, percepção e entendimento para a utilização com segurança e autonomia de edificações, espaços, mobiliários, equipamentos urbanos e elementos. E ainda define que "acessível" é o  espaço, edificação, mobiliário, equipamento urbano ou elemento que possa ser alcançado, acionado, utilizado e vivenciado por qualquer pessoa. Lembrando que o termo "acessível" implica tanto na acessibilidade física quanto na comunicacional.

Conhecendo as definições de acessibilidade, torna-se mais fácil entender a necessidade de um ambiente acessível. Um sanitário acessível, por exemplo, precisa estar organizado para ser utilizado adequadamente.

Em várias situações as estruturas acessíveis até existem, mas devido a falta de uma organização adequada do ambiente, barreiras acabam impedindo o uso destas estruturas. Abaixo vamos observar algumas fotos que mostram a falta de organização, impedindo que ambientes e mobiliários acessíveis sejam utilizados adequadamente.

 
Existe um balcão acessível, com altura inferior livre. Porém, debaixo do balcão, há um cesto de lixo ocupando a área livre inferior, impedindo a aproximação frontal de um cadeirante.

Ainda podemos observar um capacho não nivelado com o chão, na frente do balcão, ao lado do piso tátil de alerta. Além de difcultar a manobra da cadeira de rodas, pode causar acidentes, pois qualquer pessoa pode tropeçar neste capacho.

Esta foto ilustra um ambiente desorganizado e com uma certa poluição visual, interferindo diretamente na sua funcionalidade. Uma simples organização permitiria que as pessoas utilizassem adequadamente estas estruturas acessíveis.

 
Continue lendo