Publicado em: 06.março.2012

Por: Acessibilidade na Prática

Olá, pessoal!

Uma das nossas seguidoras e entusiastas, Maysa Bueno, vem hoje gentilmente compartilhar sua atual experiência conosco. Ela é Doutoranda em Tecnologias Educacionais e está realizando sua pesquisa na Universidade de Manitoba, em Winnipeg, Canadá.

Eis o relato da Maysa:

A acessibilidade aqui no Canadá é incrível! O que mais me chama a atenção é que não existe uma entrada específica para não cadeirantes e outra para cadeirantes. Todas as entradas são comuns e adaptadas, assim como os banheiros. Fantástico, né?

Nas fotos podemos observar os sensores para abrir as portas, todas elas bem largas. Alguns você tem que apertar, outros possuem detector de presença e a porta se abre sozinha, fechando depois de vários segundos. Fiquei marcando o tempo, mas elas variam. Acho que depende da inclinação do chão, não sei. 
 
Seguem algumas fotos da Universidade:

 

 
(mais…)
Leia Mais

Publicado em: 05.março.2012

Por: Acessibilidade na Prática

Seguidora (membro da equipe): Maria Alice Furrer
Twitter: @marialiceff
Data da foto: 29/12/2011
Local: Shopping Norte Sul Plaza, em Campo Grande – MS.
Descrição: Balcão com duas alturas para pagamento da tarifa de estacionamento do shopping. O mais rebaixado permite que cadeirantes e pessoas com baixa estatura o utilizem. A aproximação frontal de um cadeirante é permitida, pois é possível avançar sobre o balcão sem dificuldades.
 

 
Leia Mais

Publicado em: 04.março.2012

Por: Acessibilidade na Prática

Olá, pessoal!!!

Em pouco mais de 1 ano de caminhada, o “Acessibilidade na Prática” cultivou bons leitores, que colaboram e participam conosco compartilhando informações, trocando experiências, denunciando desrespeitos com a acessibilidade e divulgando nossos posts nas redes sociais, enchendo-nos de ânimo para melhorar e continuar com este trabalho. 

Em agradecimento ao carinho e apoio de todos vocês, nossos seguidores e amigos, iremos sortear camisetas do blog, iguaizinhas a estas.
 
 



Se você também é um parceiro da nossa causa, não deixe de participar!

Atenção para as regras do sorteio:

1) Serão sorteadas 4 (quatro) camisetas, duas pelo Twitter e duas pelo Facebook;

2) Para concorrer pelo Twitter, basta seguir o perfil do blog e twittar a seguinte frase: Sou amigo(a) da #acessibilidade e estou concorrendo a uma camiseta do @acessib_np http://kingo.to/10Fu

3) Pelo Facebook, basta curtir a página do blog (facebook.com/acessibilidadenapratica) e a página do sorteio (http://on.fb.me/ysXd3t);


4) O sorteio será realizado através do sorteie.me;

5) Só poderão participar perfis pessoais, ou seja, não serão aceitos perfis de empresas ou associações, por exemplo;

6) Cada contemplado poderá escolher entre os tamanhos P, M ou G, e receberá a camiseta em seu endereço;

7) Todos poderão participar até às 12:00h do dia 16/03/2012. O sorteio será realizado nesta mesma data, no período da tarde;

8) Os ganhadores serão anunciados aqui no blog e nas redes sociais.


Boa sorte, galera!!!

 

Leia Mais

Publicado em: 01.março.2012

Por: Acessibilidade na Prática

Conhecida como a “Cidade do Sol”, Natal é uma cidade que investe fortemente no turismo, tornando-o um dos setores que mais empregam e promovem a cidade. Com alto nível de desenvolvimento, o município possui em seu Código de Obras e Edificações um capítulo destinado à promoção da acessibilidade. Em qualquer estada na capital, podemos notar suas calçadas cheias de piso tátil de alerta. Vamos tentar entender porquê.

De acordo com a norma técnica NBR 9050 (ABNT, 2004), o piso tátil é caracterizado pela diferenciação de textura em relação ao piso adjacente, destinado a constituir alerta ou linha guia perceptível por pessoas com deficiência visual. A norma conceitua o piso tátil direcional – utilizado na ausência ou interrupção da guia de balizamento, indicando o caminho a ser percorrido – e o piso tátil de alerta, que deve ser utilizado para sinalizar situações que envolvem risco de segurança.
 

O piso tátil de alerta deve ser cromodiferenciado, ou seja, em cor contrastante com as áreas adjacentes, ou associado à faixa de cor contrastante no piso adjacente. A calçada a seguir, de uma instituição para idosos, possui piso tátil de alerta ao longo do meio-fio e não apresenta contraste recomendado pela norma.

(mais…)
Leia Mais

Publicado em: 29.fevereiro.2012

Por: Acessibilidade na Prática

Seguidor (membro da equipe): Diego Rios
Twitter: @DiegoRios_real
Data da foto: 26/01/2012
Local: "Campus" da UFMS em Campo Grande – MS
Descrição: A estrutura da UFMS é bastante precária, especialmente no que toca à acessibilidade, como se percebe pelas calçadas, todas elas como a mostrada no lado direito da foto abaixo. Porém, algumas obras de melhoria estão sendo executadas, como faixas de pedestre elevadas associadas a rampas de acesso à travessia da pista oposta. A angulação da rampa ilustrada no lado esquerdo da foto não pôde ser aferida no momento, mas aparentemente é suave, acompanhada de corrimão nos dois lados. A ressalva está na ausência de sinalização tátil tanto no solo quanto no corrimão, tornando-se um empecilho ao trânsito de deficientes visuais.
 


 

Leia Mais

Publicado em: 28.fevereiro.2012

Por: Acessibilidade na Prática

A Avenida Luís Viana Filho, mais conhecida como Avenida Paralela ou simplesmente Paralela, é uma importante via pública da cidade de Salvador, Bahia. Com 18 Km de extensão, a Paralela liga a região do Iguatemi à divisa de Salvador com Lauro de Freitas. (Wikipédia)

De acordo com a NBR9050, passarela é uma obra de arte destinada à transposição de vias, em desnível aéreo, e ao uso de pedestres – Código de Trânsito Brasileiro.

Ao longo da Avenida Paralela existem algumas passarelas, com o intuito de oferecer segurança aos pedestres, evitando a circulação por entre o tráfego de veículos.

 
Vista ampla da passarela, que passa por cima das duas mãos desta avenida, ou seja, é extensa.

As calçadas que levam até a passarela não possuem um piso com revestimento regular, firme e estável, dificultando o percurso. Com isso, para chegar à passarela, a pessoa realiza um grande gasto enérgico, tanto pela extensão quanto pelas más condições do trajeto.

 
(mais…)
Leia Mais

Publicado em: 27.fevereiro.2012

Por: Acessibilidade na Prática

Seguidor: Gustavo Escobar
Data das fotos: 16/02/2012, final da tarde.
Local: Rua Professor Xandinho esquina com a Rua Marquês de Lavradio, em Campo Grande – MS.
Descrição: Obstrução total da calçada por dois montes de terra e, logo adiante, a mesma calçada obstruída por um veículo de lanches.




 
Leia Mais