Jogo dos 7 erros – porta de sanitário acessível

Publicado em: 25.abril.2012

Por: Acessibilidade na Prática







1. Esta porta não tem uma abertura suave, ou seja, não é possível acioná-la com apenas um movimento. Isso ocorre devido a um sistema de fechamento automático instalado na porta;

2. O Símbolo Internacional de Acesso não permite estilizações (como o desta porta) e ainda está com baixo contraste, diminuindo sua legibilidade. Em sanitários acessíveis, é necessário complementar o Símbolo Internacional de Acesso com o Símbolo Internacional de Sanitário, de acordo com cada situação. Assim, podemos saber se o sanitário acessível é feminino, masculino, familiar ou unissex;

3. A nomenclatura “especial”, escrita no batente da porta, não sinaliza nenhuma situação e não é descrita na NBR 9050. Este termo está totalmente inadequado;

4. Não há sinalização tátil em braille ou texto em relevo instalada no batente ou parede adjacente, ao lado da maçaneta. Desta forma, como um deficiente visual identificará o sanitário?

5. A maçaneta não é do tipo alavanca. Na verdade é um “trinco”, que não é acessível pois requer destreza nas mãos para utilizá-lo;

6. Quando localizadas em rotas acessíveis, recomenda-se que as portas tenham na sua parte inferior, inclusive no batente, revestimento resistente a impactos provocados por bengalas, muletas e cadeiras de rodas, até a altura de 0,40 m a partir do piso;

7. O puxador deve ser horizontal e não vertical, associado à maçaneta, a qual deve ser do tipo alavanca.


Conseguiu encontrar mais algum erro pela imagem? Se sim, escreva nos comentários!


Maria Alice Furrer



6 ideias sobre “Jogo dos 7 erros – porta de sanitário acessível

    • Muito obrigado, Pedro! É sempre bom receber feedback dos seguidores do blog, ainda mais um feedback positivo! Continue acompanhando nosso trabalho, pois é feito com muita dedicação e carinho. Um grande abraço!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *