Mau uso da vaga reservada para idosos

Publicado em: 06.maio.2011

Por: Acessibilidade na Prática

Este jovem de camiseta preta estacionou sua camionete numa vaga reservada para idosos, na Rua 13 de Maio, quase esquina com a Avenida Afonso Pena, no dia 30/04/2011 (sábado) pela manhã, no Centro de Campo Grande – MS.
 
 

 

 

Frederico Rios

 

Foto: Giuliano Lopes


6 ideias sobre “Mau uso da vaga reservada para idosos

  1. Este Flagra é uma vergonha.. Cadê os valores???? Muitos pensam q se ocuparem vagas reservadas "rapidinho" não haverá problemas…. Mas tem sim!!! Respeito, se vc pode andar 5 quadras, ande!! As vagas reservadas não são regalias , mas sim necessidade!! Pensem em um idoso de 80 anos tendo que parar 05 quadras longe do estabelecimento, pq um jovem saudável ocupou indevidadaente a sua vaga… Consciência , educação e respeito devem andar juntos, pq oq adianta uma estrutura acessível, sem a colaboração da população?

  2. Infelizmente ainda existem mtos folgados(as) como esse daí, mas o trabalho q vcs estão fazdo é importantíssimo, as pessoas tem q se conscientizar, se cada um fizer a sua parte, certamente teremos um mundo melhor pra todos!!!

  3. Nossa…que malangro!
    Fico irritada com este tipo de coisa. Aff!
    Falta consciência nas pessoas e não informação. Tenho certeza que este rapaz sabe que estava em uma vaga para idosos, apenas não deu bola.

  4. vejo isso quase que diariamente inclusive nos grandes supermercados aqui de CG,pessoas jovens saudaveis e SEM VERGONHA NA CARA, usarem vagas de idosos e deficientes! fico muito irritada com tudo isso é falta de consciencia e de educação!

  5. Tenho andado por ai e visto de tudo nesse Brasil e fora tbém, nosso caso trata-se apenas de educação. Está ficando cada vez pior. Os órgãos governamentais é que deveriam constar na sua enquete e não lanchonetes, afinal ninguém é obrigado a ir em lanchonete e se ela não é acessível, motivo melhor, porém, geralmente você é obrigado a ir à repartições publicas, bancos, farmácias, cartórios, fórum, e, geralmente e aí que não existe. Valeu!
    http://uniaodasdistrofias.blogspot.com/2010/01/acessibilidade-vamos-fingir-que-existe_08.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *