Flagrante – Maria Alice (XXXIII)

Publicado em: 07.setembro.2014

Por: Acessibilidade na Prática

Seguidora (membro da equipe): Maria Alice Furrer
Twitter: @marialiceff
Data da foto: 26/08/2014
Local: Rua Aluízio de Azevedo esquina com a Rua Aníbal de Toledo, Campo Grande – MS.
Descrição: Nesta esquina, há um telefone público bem ao lado de um rebaixamento de guia. O problema é que o telefone não possui sinalização tátil, oferecendo risco de colisão a deficientes visuais por se tratar de um obstáculo suspenso.

IMAGEM


2 ideias sobre “Flagrante – Maria Alice (XXXIII)

    • Nesses casos é compreensível, Marcia. O Símbolo Internacional de Acesso (o da “cadeirinha”) contempla pessoas com deficiência “e” mobilidade reduzida, onde também estão incluídos os idosos. Porém, por uma questão de legislação, é obrigatória a presença dos dois tipos de vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *