Estação Sensorial do Banco do Brasil em Belo Horizonte

Publicado em: 14.maio.2014

Por: Acessibilidade na Prática

No feriado da Semana Santa, minha esposa e eu viajamos para Belo Horizonte (MG) para visitar um casal de amigos. 

Dentre os passeios que fizemos por lá, visitamos a Estação Sensorial do Banco do Brasil, localizada no CCBB Belo Horizonte. Assim, com algumas fotos, gostaria de dividir com vocês minhas impressões sobre a acessibilidade dessa exposição.

Não registrei o acesso ao local, mas percebi que as estruturas estavam acessíveis e bem sinalizadas.

Para entrar na exposição não é cobrado valor algum.



foto Na foto acima há uma placa com um texto informativo, explicando o que é a Estação Sensorial.


A exposição, denominada “Um Olhar Sobre o Brasil: a Fotografia na Construção da Imagem da Nação”, mostra em fotos a história do Brasil, dividas em salas de acordo com algumas épocas vividas em nosso País.



foto

Na imagem acima, podemos observar a representação da cantora e atriz Carmen Miranda. Há uma foto da artista sobre a bancada e, logo adiante, um pequeno manequim reproduzindo o conteúdo da imagem. Essa reprodução proporciona, por meio do tato, a compreensão da fotografia pelos deficientes visuais.


foto

Acima, outra fotografia com uma reprodução tátil, dessa vez de Lampião e Maria Bonita.

Além de “transformar” as fotos em representações táteis, a exposição permite aos deficientes visuais compreender o contexto de cada uma delas.



foto

Existem também fones de ouvido em alguns pontos da exposição. Por esses fones, é possível ouvir as descrições das fotografias feitas pelo próprio público, permitindo comparar as impressões de cada visitante com relação às imagens.


Obviamente, há outros pontos a serem observados com relação à acessibilidade da exposição. Contudo, no pouco tempo em que estive no local, o que mais me surpreendeu foram os recursos oferecidos aos deficientes visuais.


Ronny Stward

Colaboração: Maria Alice Furrer e Frederico Rios

Data das fotos: 20/04/2014



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *