Conhecendo um pouco da acessibilidade no Canadá

Publicado em: 06.março.2012

Por: Acessibilidade na Prática

Olá, pessoal!

Uma das nossas seguidoras e entusiastas, Maysa Bueno, vem hoje gentilmente compartilhar sua atual experiência conosco. Ela é Doutoranda em Tecnologias Educacionais e está realizando sua pesquisa na Universidade de Manitoba, em Winnipeg, Canadá.

Eis o relato da Maysa:

A acessibilidade aqui no Canadá é incrível! O que mais me chama a atenção é que não existe uma entrada específica para não cadeirantes e outra para cadeirantes. Todas as entradas são comuns e adaptadas, assim como os banheiros. Fantástico, né?

Nas fotos podemos observar os sensores para abrir as portas, todas elas bem largas. Alguns você tem que apertar, outros possuem detector de presença e a porta se abre sozinha, fechando depois de vários segundos. Fiquei marcando o tempo, mas elas variam. Acho que depende da inclinação do chão, não sei. 
 
Seguem algumas fotos da Universidade:

 

 








Outra coisa que impressiona aqui são as vagas reservadas. Ninguém, absolutamente ninguém, estaciona nelas sem necessidade! Presenciei um shopping lotado, gente procurando desesperadamente por uma vaga, mas as pessoas são tão educadas e conscientes que não param nas vagas exclusivas "nem por 1 minuto"!!! Esse é o problema do Brasil: "Educação", ou melhor, a falta dela!

Mas o que é legal nessa coisa toda aqui no Canadá é que eles respeitam muito as diferenças. Por exemplo: aqui tem muito aborígene – igual nossos índios – e tem todo um trabalho do governo de inclusão deles na sociedade, muito lindo! Assim é também com imigrantes e pessoas com deficiência. O canadense é um povo com uma cabeça muito boa, muito aberta.

Por fim, queria te agradecer. Como educadora, sempre fui sensível às diferenças, mas graças a você e ao seu blog, essa sensibilidade aflorou mais ainda, e assim posso despertá-la também nos meus alunos, nas minhas filhas e nas pessoas ao meu redor.

Beijo grande!

 


4 ideias sobre “Conhecendo um pouco da acessibilidade no Canadá

  1. Frederico, Maysa, muito legal! sou paraplégico ha 13 anos e queria fazer 1 curso de férias fora do país em 2013, nunca fui ao canadá… vancouver tb é assim, bem adaptado? orbiagdop, parabéns pelo lindo trabalho, abraços

  2. Ah que saudade do Canadá. Lugar mais acessível no mundo tá difícil de achar. Morei lá por quatro meses, numa cidade pequenininha chamada Cranbrook. Absolutamente tudo era acessível e o respeito às pessoas com deficiência é sem igual.

  3. Adorei a matéria, mas ao mesmo tempo me entristeceu, pois aqui o tratamento e o respeito ao Idoso e pessoas com deficiência é totalmente o oposto. Concordo que falta educação.
    Acredito que esta postura possa ser mudada, em um primeiro momento, com campanhas esclarecedoras na mídia e, posteiromente, a aplicação de multas pesadas.
     
    Parabéns pela matéria apresentada.
     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *