DISQUE DENÚNCIA 156

Publicado em: 29.maio.2018

Por: Acessibilidade na Prática

Quem sofre com a falta de acessibilidade certamente já teve vontade de “botar a boca no trombone” diante de certas situações: vaga reservada ocupada indevidamente, rebaixamento de guia quebrado ou a falta dele, estacionamento sobre a calçada, estabelecimento sem acesso adequado, calçada quebrada e por aí vai. No entanto, como nosso país é especialista em burocracia, nos sentimos desmotivados  a defender nossos direitos, pois nem sempre é fácil mobilizar órgãos como Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Prefeitura Municipal e outros, apesar de alguns deles já contar inclusive com aplicativos de celular para isso.

 

 



O que pouca gente sabe é que, na maior parte das situações, é a Prefeitura quem tem meios de resolver esses problemas mais rapidamente, sejam questões estruturais ou infrações de trânsito. Na maioria das prefeituras brasileiras, especialmente nas capitais, as denúncias podem ser feitas pelo telefone 156.

Em Campo Grande mesmo, o 156 está apto a receber qualquer denúncia de falta ou desrespeito à acessibilidade, seja identificando-se ou anonimamente. Mesmo quando anônima, a denúncia recebe um número de protocolo, que pode ser consultado a qualquer momento para verificar o andamento da denúncia.

Não permita que seu direito à acessibilidade continue sendo desrespeitado. Denuncie!

Leia também:
Ambulift: uma luta para conseguir e uma briga para utilizar!
Pessoas com deficiência e os exames médicos do Detran


Frederico Rios




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *