Sanitários acessíveis da Estátua da Liberdade

Publicado em: 20.agosto.2014

Por: Acessibilidade na Prática

Além de contemplar a bela paisagem do local, os visitantes da Estátua da Liberdade contam também com lojas de souvenirs, lanchonetes, telefones públicos e sanitários.

Os sanitários ficam localizados num corredor. Numa das extremidades fica o sanitário feminino e na outra o masculino. No meio encontra-se o sanitário unissex acessível.

A seguir, mostraremos alguns detalhes do sanitário feminino e do sanitário unissex acessível, lembrando que as observações foram feitas baseadas na NBR 9050/2004, que é a norma técnica brasileira.



Sanitário feminino com boxe acessível


imagemEsta é a entrada do sanitário feminino com boxe acessível, sinalizada por placas metálicas fixadas nas paredes lateral e superior ao vão de entrada. A placa da parede lateral possui o Símbolo de Internacional de Sanitário Feminino seguido pelo Símbolo Internacional de Acesso. Já a placa da parede superior, em posição de maior destaque, possui o Símbolo Internacional de Sanitário Feminino seguido da letra “W” (women = mulheres).

As placas possuem baixo contraste de cores e são refletivas, tornando-as de difícil legibilidade.

O vão de entrada é satisfatório e permite um bom fluxo de pessoas. 


imagemEste é o lavatório dos boxes femininos, o qual também serve o boxe acessível.

O lavatório permite a aproximação frontal e suas torneiras são de fácil acionamento, porém não há barras de apoio.

O espelho é fixado na parede do lavatório e não é inclinado, mas permite boa visualização por cadeirantes e pessoas de baixa estatura.

Nas laterais do lavatório, fixadas na parede, existem uma espécie de “caixa metalizada” sem qualquer sinalização. Essas estruturas servem para secar as mãos com ar quente, mas só consegui descobrir sua função porque ouvi o barulho e observei outras pessoas utilizando.

O revestimento do piso é antiderrapante, porém havia algumas áreas molhadas, podendo provocar escorregões e quedas.


imagemNo lado direito da foto há um lavatório com as mesmas características do lavatório da foto anterior.

Há uma porta do lado esquerdo da foto, que deduzi ser a entrada do boxe acessível por ser mais larga que as demais.

A porta do boxe acessível tem abertura externa, poupando espaço interno do boxe e oferecendo mais segurança aos usuários em casos de emergência. A maçaneta externa é um pequeno puxador vertical, dificultando sua utilização.


imagemO espaço interno do boxe é satisfatório. Dentro deste boxe não há um lavatório exclusivo, como é exigido pela norma técnica brasileira.

Há barras de apoio atrás e na parede lateral da bacia sanitária.

A bacia sanitária é suspensa e apenas seu assento possui “recorte”. No Brasil, esse recorte não é exigido pela norma técnica nem para a bacia nem para o assento. 

A papeleira é do tipo não embutida e fica na parede lateral, porém está posicionada numa altura inferior à estipulada pela norma brasileira (entre 1,0 m e 1,20 m). 


imagemEsta é a visão interna da porta do boxe acessível. Observa-se um pequeno trinco de difícil manuseio. Não há nenhum puxador ou maçaneta. 

Próximo ao trinco, mais ao centro da porta, existe um pequeno cabideiro para pendurar bolsas ou outros apetrechos.


Sanitário unissex

imagemNa parede lateral da porta do sanitário há os Símbolos Internacionais de Sanitário Feminino e Masculino seguidos pelo Símbolo Internacional de Acesso. Essa composição de símbolos significa que o sanitário é acessível e pode ser utilizado tanto por homens quanto por mulheres.

A placa tem baixo contraste e seu material reflete a luz, dificultando sua legibilidade.

Há sinalização em braille apenas na placa. Não existe nenhuma outra sinalização para deficientes visuais.

A abertura da porta é para o interior do sanitário, prejudicando o espaço interno.

Sua a maçaneta é do tipo alavanca, atendendo a número um maior de usuários.

No momento das fotos, o sanitário estava sendo limpo, motivo pelo qual a porta era mantida aberta por um cesto de lixo.


imagemO lavatório é suspenso, permitindo a aproximação frontal. A torneira é acessível e, ao seu lado, está a saboneteira. Há um recipiente branco sobre a pia, que acredito ser material de limpeza.

Ao lado do lavatório há um secador de mãos sem sinalização, idêntico aos do sanitário feminino.

O espelho, instalado na vertical, permite apenas a visualização da parte superior de um cadeirante ou de uma pessoa de baixa estatura. 


imagemEsta é uma visão mais ampla do interior do sanitário, onde é possível observar o secador de mãos (lado esquerdo da foto) e a bacia sanitária (lado direito da foto).

A bacia sanitária é suspensa e seu assento possui o “recorte frontal”. Há barras de apoio atrás e ao lado da bacia.

A papeleira é do tipo não embutida e está instalada na parede lateral da bacia, porém numa altura inferior a estabelecida pela norma brasileira.

Um grande cesto de lixo está apoiando a porta para mantê-la aberta, porém não é possível saber se esse cesto fica alocado dentro ou fora do sanitário. Caso a administração costume o alocar dentro do sanitário, a circulação interna fica muito prejudicada devido ao seu tamanho.


Leia também:
            Estátua da Liberdade
            Embarques e desembarques do Brasil aos Estados Unidos
            Acessibilidade para abastecer o carro nos EUA


Maria Alice Furrer


Fotos: 26/05/2014 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *