Sanitário acessível do UCI Cinemas de Campo Grande

Publicado em: 29.outubro.2014

Por: Acessibilidade na Prática

UCI Cinemas de Campo Grande (MS) fica localizado no Shopping Bosque dos Ipês e é o mais novo cinema da cidade.

Na área do cinema, os sanitários masculinos e femininos não possuem boxe acessível, mas existe um sanitário acessível unissex à disposição dos clientes. Esse sanitário acessível unissex está próximo ao masculino, mas ambos estão distantes do feminino.


fotoA sinalização visual acima indica a presença de um sanitário acessível, mas, da forma como está, pode causar dupla interpretação. Com o dizeres “sanitários” e “masculino/acessível” logo abaixo, algumas pessoas podem entender que há um sanitário masculino acessível e outras que há um sanitário masculino e outro acessível. Esse tipo de informação deve ser simples e intuitiva, evitando erros de interpretação.

Apesar da informação visual ser um tanto confusa, ela possui boa legibilidade. Entretanto, os símbolos indicativos dos sanitários estão estilizados e sem  a presença dos símbolos oficiais, como especifica a NBR 9050/2004. Isso dificulta ainda mais a interpretação das informações fornecidas visualmente pela placa.


fotoPara chegar ao sanitário masculino e o sanitário masculino acessível, é necessário passar por uma rampa com uma leve inclinação.

Há sinalização tátil de alerta no início e final da rampa, porém não possui cor contrastante com a do piso adjacente.

O corrimão da rampa é bilateral, com duas alturas e acabamento recurvado, conforme exige a norma técnica.

Ao final da rampa está o sanitário masculino. À esquerda, não visualizado na foto, fica o sanitário acessível unissex.


fotoA porta do sanitário acessível unissex está adequadamente sinalizada com informações visuais (símbolos e dizeres) e táteis (braille). Acima dessa sinalização há um Símbolo Internacional de Acesso estilizado. Como a sinalização oficial está logo abaixo do ícone estilizado, não há problemas e está correto.

A maçaneta da porta é do tipo alavanca, facilitando sua abertura.

Há um revestimento de proteção na extremidade inferior da porta, o que é recomendado pela norma técnica. Esse revestimento deve estar na parte inferior da porta, inclusive no batente, até a altura de 0,40 m a partir do piso, sendo resistente a impactos provocados por bengalas, muletas e cadeiras de rodas.

Ao lado da porta do sanitário há um bebedouro, o que torna o ambiente anti-higiênico. Além disso, o bebedouro pode atrapalhar a manobra de uma cadeira de rodas por estreitar a área de circulação.


A bica (orifício por onde sai a água) está localizada na parte frontal do bebedouro, o que é correto. Porém, sua altura está muito baixa, a qual deveria ser de 90 cm. Além disso, o bebedouro não possui altura livre inferior de no mínimo 73 cm do piso, impedindo, assim, o avanço de um cadeirante sob o mobiliário.


Não há indicação visual ou tátil da localização do bebedouro.



fotoEsta é a visão interna da porta do sanitário. Sua abertura é para o exterior, o que é adequado.

A maçaneta é do tipo alavanca, facilitando seu manuseio. Entretanto, o trinco é muito pequeno, exigindo que o usuário tenha destreza nas mãos para trancar ou destrancar a porta.

Há uma barra no lado interno da porta, facilitando o manuseio quando se está dentro do sanitário. Porém, essa barra deveria estar instalada horizontalmente, ao invés de inclinada como mostra a imagem.


fotoO lavatório é suspenso, possuindo área livre inferior. Sua torneira possui acionamento do tipo alavanca, tornando seu manuseio acessível.

Não há barras de apoio junto e na altura do lavatório.

A saboneteira fica ao lado do lavatório e seu alcance é acessível. Porém, caso respingue sabonete, o mesmo cairá no chão e tornará o piso escorregadio. Assim, na prática, o mais adequado é instalar a saboneteira acima do lavatório. 

O espelho é inclinado, permitindo a observação por cadeirantes e pessoas de baixa estatura.

Para secar as mãos existe um sistema de ar automático não embutido, instalado na parede lateral do lavatório, podendo interferir na aproximação frontal.

Se alguns acessórios fossem melhor posicionados, a utilização do lavatório seria mais acessível e o espaço interno do sanitário melhor aproveitado. 


fotoExistem barras de apoio na parede lateral e atrás da bacia sanitária, como especificado na norma técnica.


A bacia possui um recorte frontal. Na prática, esse modelo pode até atender algumas pessoas, porém outras são prejudicadas (a perna pode cair no recorte, por exemplo). Vale lembrar, também, que esse modelo de bacia sanitária (com recorte) não é exigido pela norma técnica.

O cesto de lixo está alocado de forma correta, entre a bacia e sua parede lateral, não interferindo em nenhuma das áreas de transferência ou na circulação interna.


O botão da descarga é acionado por uma alavanca, o que é acessível.

A papeleira é do tipo não embutida, e está instalada adequadamente na parede lateral da bacia.


Leia também: Acessibilidade no UCI Cinemas de Campo Grande


Maria Alice Furrer e Frederico Rios

Fotos: 25/10/2014



Uma ideia sobre “Sanitário acessível do UCI Cinemas de Campo Grande

  1. Pingback: Acessibilidade no UCI Cinemas de Campo Grande | Acessibilidade na Prática

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *