Sanitário acessível da Sonimed

Publicado em: 22.outubro.2014

Por: Acessibilidade na Prática

A Sonimed é um centro especializado em medicina nuclear, localizado na Rua Dr. Arthur Jorge 1202, em Campo Grande – MS.

Na recepção da sala de ressonância magnética existem dois sanitários acessíveis, sendo um masculino e outro feminino. Confiram a seguir alguns detalhes do sanitário masculino acessível.


imagemEste sanitário masculino acessível é sinalizado visualmente pelo Símbolo Internacional de Acesso no centro da porta, além palavra “masculino” acima do Símbolo. Complementando essa sinalização, há o Símbolo Internacional de Sanitário Masculino na parede adjacente à porta.

A palavra “masculino” é uma informação adicional. De acordo com a norma técnica, a sinalização correta seria o Símbolo Internacional de Sanitário Masculino seguido pelo Internacional de Acesso (lado a lado).

Não há sinalização tátil para deficientes visuais identificarem a presença do sanitário.

A porta do sanitário tem abertura para o seu interior, o que, além de prejudicar o espaço interno, compromete questões de segurança.

A maçaneta é do tipo alavanca, o que é acessível. Há também uma barra horizontal no cento da porta, a qual não é obrigatória na parte externa, mas sim na parte interna.


imagemO espaço interno do sanitário é satisfatório. Após a entrada, à esquerda fica o lavatório e à direita a bacia sanitária.

O lavatório é embutido em uma bancada. Assim, sua barra de apoio é fixada de uma parede lateral à outra.

Existe área livre inferior ao lavatório, permitindo a aproximação frontal de um cadeirante. 

A torneira é acionada por mecanismo de pressão, facilitando seu manuseio. A saboneteira fica à esquerda e a papeleira à direita, porém a papeleira está instalada numa altura excessiva.

Há um cesto de lixo alocado no chão, junto à parede lateral direita do lavatório, podendo interferir na circulação.


imagemA bacia sanitária possui caixa acoplada. Não há barra de apoio na parte posterior da bacia. Existe apenas uma barra de apoio na parede lateral, posicionada muito à frente da bacia, dificultando as transferências.

A papeleira é do tipo não embutida, porém está fixada inadequadamente na parede posterior da bacia sanitária. O correto seria fixá-la na parede lateral, com as distâncias estabelecidas pela norma técnica.

O cesto de lixo é acionado por pedal, impedindo sua utilização por muitas pessoas que necessitam de um sanitário acessível. Além disso, sua localização atrapalha a transferência para a bacia sanitária. O correto seria que ele fosse menor e que estivesse posicionado entre a parede lateral e a bacia sanitária.


Maria Alice Furrer

Fotos: Celina Souto (16/10/2014)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *