Circulação interna do Camelódromo de Campo Grande

Publicado em: 29.agosto.2012

Por: Acessibilidade na Prática

Há alguns dias, analisamos num outro post o Sanitário acessível do Camelódromo de Campo Grande. Hoje vamos conhecer um pouco da ciculação interna deste mesmo estabelecimento,  com foco, é claro, na acessibilidade.

 

Este é um dos corredores do Camelódromo. Com o grande fluxo de pessoas e exposição de mercadorias no próprio corredor, o local acaba se tornando estreito.

Em nenhum ponto deste estabelecimento existe sinalização tátil, e também não há nenhum mapa tátil para orientar os deficientes visuais.

Devido à iluminação despadronizada, falta de organização, local fechado com barulho em excesso e ausência de sinalização com informações simples e intuitivas, qualquer pessoa pode ter dificuldades em circular neste centro comercial, especialmente turistas, cegos e idosos.

 
Este é outro corredor, o qual possui uma grelha no seu centro. Esta grelha pode fazer com que alguns saltos de calçados afundem nos seus vãos, podendo provocar quedas. Cadeirantes, pessoas com andador, muletas, bengalas, dentre outros dispositivos auxiliares, também podem ter dificuldades em transpor este obstáculo com segurança.
O Camelódromo possui três pavimentos. Entre eles existem apenas escadas, não havendo rampas ou equipamento eletromecânico associado.

A sinalização visual na borda dos degraus desta escada (lixa antiderrapante) está com falta de manutenção, estando desgastada em alguns pontos. Não há sinalização tátil no início e final da escada.

O corrimão é bilateral e está com seu revestimento desgastado. Seu acabamento não é recurvado e não há o  prolongamento de 30 cm paralelo ao solo no seu início nem no seu final, para indicar que, à frente, o piso está plano. Ainda em relação aos corrimãos, a NBR 9050/2004 recomenda a sinalização tátil, a qual não está presente neste caso.
 

Maria Alice Furrer

Colaboração: Milena de Ré

Fotos: 04/08/2012
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *