Acesso e vagas reservadas da Alarmes Protect’us

Publicado em: 20.maio.2016

Por: Acessibilidade na Prática

Alarmes Protect’us é uma empresa de Mato Grosso do Sul especializada em segurança. Uma das suas centrais de monitoramento em Campo Grande fica localizada na Avenida Três Barras 332, Vilas Boas. Estivemos por lá e verificamos alguns detalhes da acessibilidade do prédio, mais especificamente da sua parte externa. Confiram!


Foto 1Esta é uma visão da fachada, onde podemos observar que os portões, tanto de pedestres quanto de veículos, permanecem abertos durante horário de funcionamento do estabelecimento.


Foto 2O portão de pedestres possui vão estreito. Entretanto, se o visitante chegar de carro, ele tem a possibilidade de entrar pelo estacionamento, onde há 3 vagas reservadas, sendo uma delas destinada a idosos.

Mais à frente fica a porta de entrada do estabelecimento, a qual permanece fechada durante todo o tempo e não possui nenhum tipo de sinalização. Para entrar no prédio, é necessário tocar o interfone e se identificar.



Foto 3Antecedendo a porta de entrada há um capacho não nivelado com o piso, que pode causar tropeços e quedas, além de dificultar a “tocada” de uma cadeira de rodas. Junto à porta foi feita uma pequena rampa para amenizar um desnível, podendo causar solavancos em cadeiras de rodas e tropeços em pessoas distraídas, já que não há sinalização no local.

À direita da porta ficam as vagas reservadas de estacionamento. Também à direita podemos ver o topo de uma pequena rampa, a qual fica à frente de uma das vagas reservadas e não possui nenhum tipo de sinalização. Mais detalhes logo abaixo.


foto 4Acima, podemos ver duas vagas reservadas de estacionamento, uma para idosos (à esquerda) e uma para pessoas com deficiência (à direita), sendo que esta última fica mais próxima da entrada do estabelecimento.

Mesmo sendo um espaço amplo, a forma de distribuição das suas estruturas o tornou confuso. Em continuidade ao espaço adicional de circulação da vaga (faixa amarela) há uma rampa sem sinalização adequada. À direita das vagas há um pequeno patamar com dois degraus associado a uma rampa, os quais levam ao acesso do prédio, que por sua vez está “sinalizado” apenas com alguns vasos de plantas, sem mencionar o desnível considerável que esse acesso possui em relação às vagas. Esse conjunto de estruturas tornou o local perigoso, já que o piso é monocromático e não há corrimãos nem sinalização, oferecendo riscos de acidentes a qualquer pessoa.

A vaga reservada para pessoas com deficiência está sinalizada com o Símbolo Internacional de Acesso voltado para a esquerda, contrariando os critérios da norma técnica.

Não há sinalização vertical em nenhuma das vagas do estacionamento.


Foto 5Esta é uma outra vaga de estacionamento reservada para pessoas com deficiência, com as mesmas características da vaga demonstrada anteriormente. Esta vaga fica próxima ao portão e à calçada e, consequentemente, mais distante da entrada do prédio.


Maria Alice Furrer

Fotos: 10/05/2016



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *