Acesso e circulação do Restaurante Hong Kong

Publicado em: 26.fevereiro.2014

Por: Acessibilidade na Prática

O Hong Kong é um restaurante chinês localizado na Rua Dr. João Rosa Pires 761, Bairro Amambaí, Campo Grande – MS.


imagemEste é um dos acessos da entrada do restaurante, feito por escada. Associado a esta escada existe uma rampa, a qual será melhor descrita na próxima foto.

A escada possui corrimão bilateral de apenas uma altura, o que é correto, pois a norma técnica atual exige corrimãos de duas alturas apenas para rampas. Entretanto, quando uma escada possui corrimãos em duas alturas, facilita também o deslocamento de pessoas com baixa estatura e crianças.

Os corrimãos não possuem sinalização por anel com textura e braille, e também não contam com prolongamentos de 30 cm paralelos ao piso.

Não há sinalização tátil no início e final da escada, bem como sinalização visual nas bordas dos degraus.

No topo da escada, antecedendo a porta de entrada, existe um capacho não nivelado com o piso, podendo causar incidentes.


imagemEsta é a rampa associada à escada da imagem anterior, na visão de quem desce.

O corrimão é bilateral, porém com duas alturas em apenas um dos lados, o que é incorreto. Além disso, o corrimão que possui apenas uma altura (lado esquerdo da imagem e lado direito de quem sobe) foi instalado avançado para dentro de um canteiro, dificultando seu alcance.

Existem plantas nas laterais da rampa, algumas invadindo a área de circulação. Há também dois vasos (canto inferior direito da foto) que estreitam a passagem.

Não há piso tátil de alerta no início e final da rampa, e não existe sinalização nos corrimãos.


imagemEste é o início da subida da rampa. 

O corrimão possui um pequeno prolongamento, mas não é o suficiente.

O revestimento do piso é de pedra miracema, a qual não é adequada porque é irregular e gera trepidação na cadeira de rodas.


imagemEsta é a visão interna da porta que dá acesso ao restaurante. 

A porta (de duas folhas) é de correr e possui puxadores verticais, itens que facilitam seu manuseio.

As laterais do restaurante, inclusive a porta, são de vidro transparente, porém sua estrutura de metal forma uma espécie de faixa vermelha que serve como sinalização e evita possíveis colisões.


imagemExistem dois padrões de mesa no restaurante. Na imagem acima, as mesas são redondas e acessíveis, com aproximação frontal e área livre inferior.


imagemA circulação nos corredores é acessível, mas é dificultada entre as mesas, principalmente quando estão ocupadas.

Este é outro padrão de mesa (retangular), porém não avaliamos seus detalhes. Entretanto, no dia da nossa visita, havia uma senhora cadeirante acomodada confortavelmente em uma delas, dando a entender que esse modelo de mesa é minimamente acessível.

Para acessar essas mesas, um cadeirante, por exemplo, necessita realizar mais manobras do que para acessar as mesas da foto anterior. Isso se deve principalmente pelo menor espaço entre as mesas retangulares.



Maria Alice Furrer

Fotos: 28/11/2013



Uma ideia sobre “Acesso e circulação do Restaurante Hong Kong

  1. Pingback: Sanitários do Restaurante Hong Kong | Acessibilidade na Prática

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *