Acesso ao Century Paulista Flat

Publicado em: 15.agosto.2013

Por: Acessibilidade na Prática

Num post anterior, pudemos conhecer um pouco da acessibilidade nos corredores do Century Paulista Flat. Hoje vamos conferir o acesso ao prédio.

 
Toda edificação e equipamentos urbanos devem ter entradas acessíveis, bem como as rotas de interligação às principais áreas (funções) do edifício.

A foto acima registra o acesso ao Century Paulista Flat, onde existe um desnível em relação à calçada, vencido por um degrau e uma pequena rampa à esquerda.

O piso da rampa e do degrau é firme, regular e estável, porém não é antiderrapante.

Existem faixas antiderrapantes na borda do degrau. Essas faixas não estão totalmente íntegras, e em alguns pontos já estão descoladas.
 
Tanto as faixas como o revestimento do degrau são escuros, ou seja, não há contraste de cores, deixando o degrau sem sinalização visual.

A rampa possui as mesmas faixas, também descoladas e sem contraste com o piso adjacente. Existem faixas amarelas intercaladas às faixas escuras da rampa, o que não é o ideal, mas de certa forma serve como sinalização visual.

Não há sinalização tátil de alerta nem no degrau e nem na rampa.

 
Na entrada existe um carpete embutido, nivelado com o piso.

A maçaneta da porta não é acessível, dificultando seu manuseio. Além disso, a porta é pesada, o que dificulta sua abertura.

A porta e as paredes adjacentes são de vidro temperado, as quais possuem uma faixa horizontal em toda sua extensão. Essas faixas, instaladas a uma altura pouco acima da maçaneta, servem como sinalização visual, evitando assim possíveis colisões de pessoas contra o vidro.

 
Maria Alice Furrer

Data das fotos: 27/07/2013

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *