Acessibilidade na Cidade do Natal – 2012

Publicado em: 08.janeiro.2013

Por: Acessibilidade na Prática

Os eventos natalinos de Campo Grande (MS) iniciaram-se com a chegada do Papai Noel, que veio de helicóptero à Praça do Rádio Clube. E no dia 12 de dezembro, foi aberta a Cidade do Natal, com várias atrações para o público. (Fonte: G1)

Nos dois últimos anos (2010 e 2011), visitamos a Cidade do Natal para verificar as condições de acessibilidade do local. Em 2012 não poderia ser diferente, até por ser uma atração bastante aguardada por turistas e pela população campo-grandense.

Para evitarmos ser repetitivos, vamos conferir apenas as modificações em relação aos anos anteriores. Confiram!


Os lavatórios ainda não são ideais, mas estão mais adequados se comparados aos dos outros anos.

Esses lavatórios são comuns a todas as cabines químicas (masculinas, femininas e acessíveis).

Há água no piso ao redor dos lavatórios, tornando-o escorregadio, podendo ocasionar incidentes.

Não há nenhum item para higienizar as mãos (como sabonete, por exemplo), e isso também ocorreu na edição anterior.

Mais detalhes dos lavatórios na próxima imagem.
 
 
A higene dos lavatórios deixavam a desejar. Ambos estavam sujos, sendo que as portas do evento haviam sido abertas poucos minutos antes de registrarmos essas fotos.

Os lavatórios devem ser suspensos, sendo que sua borda superior deve estar a uma altura de 0,78 m a 0,80 m do piso acabado e respeitando uma altura livre mínima de 0,73 m na sua parte inferior frontal. Esses lavatórios respeitam a altura livre inferior, porém foram instalados numa altura de 0,90 m (o esquerdo) e 0,87 m (o direito), ou seja, uma altura muito elevada, não atendeno ao disposto na NBR 9050/2004.

As torneiras não são acessíveis, já que requerem destreza nas mãos para acioná-las.

Não há barras de apoio instaladas junto ao lavatório, na altura do mesmo.
 

Assim como nas outras edições, existem brinquedos para crianças e adolescentes. Entretanto, nenhum é acessível.

Neste ano há uma sala de jogos (lado esquerdo da foto) e outros brinquedos como o pula-pula (lado direito da foto).

 
O evento ainda é dividido em dois pavimentos, e para subir ou descer existem escadas e rampas nas mesmas condições das edições anteriores.

Um fato aconteceu com relação a algumas escadas no dia da nossa visita: elas estavam bloqueadas com uma corda, sem nenhuma sinalização de alerta no piso. Assim, um deficiente visual poderia acabar colidindo com a corda, podendo até cair e se machucar.
 
 
Maria Alice Furrer

Fotos: 26/12/2012

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *