A importância do tamanho adequado das vagas reservadas de estacionamento

Publicado em: 27.novembro.2011

Por: Acessibilidade na Prática

Existem diferentes tipos de vagas reservadas, todos previstos na NBR9050. Independente do tipo de vaga, todas elas são destinadas a veículos que conduzam ou sejam conduzidos por pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Cada vaga deve seguir as especificações de dimensionamento, sinalização e distribuição especificadas na NBR9050, visando atender à diversidade. Abaixo, alguns exemplos que comprovam a importância do tamanho adequado destas vagas:

 
A vaga ilustrada na foto acima está "reservada" inadequadamente com uma placa de metal em seu centro, ou seja, o motorista que estiver sozinho terá de descer do carro e removê-la para poder estacionar. Esta vaga está localizada numa rota acessível, pois encontra-se ao lado da entrada do prédio, com acesso por uma rampa. Existe sinalização horizontal (Símbolo Internacional de Acesso pintado no chão), o qual deveria estar mais próximo da entrada da vaga, proporcionando uma visualização mais fácil por quem a procura.

Há sinalização vertical, feita por placa de metal azul com o Símbolo Internacional de Acesso ilustrado na cor amarela, não atendendo às especificações para vagas fora de via pública. Isso dificulta a identificação da vaga dentro do estacionamento.
 
Esta vaga não conta com o espaço adicional de circulação com no mínimo 1,20m de largura, representado por faixas amarelas pintadas no chão. Este espaço permite que cadeirantes e pessoas com andadores, por exemplo, possam descer do veículo sem maiores transtornos e com maior autonomia.

 
Como a vaga não possui o espaço adicional de circulação, é necessário parar fora da vaga para o cadeirante descer do veículo, interferindo no fluxo de veículos do local. Ou seja, a vaga é bem localizada, porém o cadeirante necessita entrar ou descer do carro no espaço de circulação dos veículos, colocando em risco sua própria segurança.

Para descer este tipo de cadeira motorizada existe um guindaste no porta-malas. A base do banco do pasageiro é giratória, permitindo seu encaixe com a parte inferior da cadeira, ou seja, é necessário espaço adicional para realizar o encaixe. Este é apenas um dos dispositivos disponíveis no mercado Existem outras opções de tecnologias semelhantes, que também requerem espaço adicional de circulação pra sua perfeita utilização.

O vídeo abaixo demonstra como um cadeirante entra com independência no seu veículo, exemplificando mais uma vez a importância do espaço adicional de circulação.




Esta vaga não possui sinalização vertical, e a sinalização horizontal deveria ser pintada mais próximo da entrada da vaga. Estas falhas dificultam muito a identificação da vaga reservada dentro do estacionamento. Novamente não há espaço adiconal de circulação.

Mais dois inconvenientes dificultam e impedem a utilização desta vaga: o cone em seu centro (o qual deverá ser retirado antes de o veículo ser estacionado) e a moto estacionada indevidamente, ocupando a lateral da vaga e impossibilitando seu uso por quem realmente necessita dela.

 
Maria Alice Furer

Fotos: Arquivo do blog

Vídeo: Youtube

 


7 ideias sobre “A importância do tamanho adequado das vagas reservadas de estacionamento

  1. Pingback: Uma vaga reservada quase ideal | Acessibilidade na Prática

  2. Pingback: As preciosas vagas reservadas de estacionamento | Acessibilidade na Prática

  3. – " Acho estranho " tal atitude destes motoristas dos quais " esqueçem tais LOGOs , e se interpelados ; são àptos em responder agressivamente e/ou então agredir fisicamente , avançando assim c/ seu veículo p/ cima do Déficit Motor que nescessita desta vaga : isto ocorreu comigo , onde o " cidadão " achou o direito de bater no meu veículo ; não fiz p/ travar sua passagem ; mas sim , com estava no mesmo comércio , esperava dele apenas EU retirar meu veículo , vindo assim a bater de RÉ na lateral do ajudante do meu carro , onde indaguei e este quase me agrediu junto aos seus funcionários ,depois de muito bate boca conseguí seu telefone onde Eu :     – Telefonei conforme combinado , inclusive c/ sua mãe , onde esta disse-me : Não se preocupe , MEU FILHO não é dessas coisas EU ( MÃE ) , cobrarei dele ; Qt° ao filho já tinha percebido : palavras ao vento ; mas qt° sua MÃE ; IDEM . Nada valem , teve a quem puxar 

  4. Pingback: Vagas reservadas de estacionamento paralelas à calçada | Acessibilidade na Prática

  5. Pingback: “Multa Moral” Acessibilidade na Prática | Acessibilidade na Prática

  6. Pingback: “Multa Moral” em Acessibilidade, Respeito e Cidadania | Casadaptada

  7. Pingback: “MULTA MORAL” EM ACESSIBILIDADE, RESPEITO E CIDADANIA | Casadaptada |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *